Paraiso em Foco

DSC04690

Os paulistanos costumam dizer que casamento é como a Avenida Paulista: começa no Paraíso e termina na Consolação… Eu diria que a avenida ganha de muitos casamentos que eu vejo por aí, já que a Consolação (o bairro), não tem essa tristeza toda! E o mesmo podemos dizer do bairro do Paraíso, ponto de partida da nossa querida avenida, símbolo de São Paulo. Ponto nobre da capital, é um dos locais mais desenvolvidos da cidade. Lá podemos encontrar diversas instituições financeiras, escolas e universidades, empresas, lojas e shopping centers, restaurantes, hotéis, importantes centros culturais, e diversos hospitais conceituados, como o Oswaldo Cruz e a Beneficência Portuguesa. Uma das edificações religiosas mais belas de São Paulo, a Catedral Metropolitana Ortodoxa também se localiza no bairro. Apesar de toda a agitação, o Paraíso também conta com áreas residenciais tranquilas e arborizadas, muito valorizadas. Passo diariamente pelo bairro a caminho de casa, e simplesmente adoro ver seus contrastes!

Até o século XIX, toda a região fazia parte da Chácara do Sertório, de João Sertório. A antiga propriedade rural se localizava entre duas estradas que ligavam o bairro da Liberdade a Santo Amaro, que era então um município independente. A chácara foi depois vendida para Dona Alexandrina Maria de Moraes, e após sua morte, em 1886, a propriedade foi loteada por seus herdeiros, e o bairro foi aos poucos tomando a forma que conhecemos hoje. O seu nome vem do antigo “Largo do Paraizo”, a atual Praça Oswaldo Cruz, que fica no início da Avenida Paulista.

Vizinho da Liberdade, Aclimação, Vila Mariana, Jardim Paulista e Bela Vista, os limites do Paraíso são objeto de controvérsia, já que antigamente áreas do distrito da Liberdade e Bela Vista faziam parte dele.A Avenida Paulista parece ser um bairro por si só! Num de seus limites, o bairro se confunde com o Parque do Ibirapuera. Com isso, o Paraiso tem tudo para ser um ótimo local para um passeio. Quer fazer compras? Você pode ir ao Shopping Pátio Paulista e pegar um cineminha, ou pode bater perna nas diversas lojas de rua à disposição. Quer fazer um tour gastronômico? Restaurantes de sabores e preços diversos, como o indiano Tandoor, o árabe Halim ou a requintada churrascaria Baby Beef Rubaiyat satisfazem todos os gostos e bolsos. Você está a procura de um programa cultural? O Centro Cultural São Paulo, fundado em 1983, a Casa das Rosas e o Centro Cultural Itaú garantem sua diversão. Quer só caminhar e apreciar seus prédios imponentes, belas igrejas e ruas? O bairro é um local perfeito para uma caminhada, apesar de suas ladeiras – ela é cruzada tanto por vias movimentadíssimas como a Avenida 23 de Maio e Rua Vergueiro, assim como ruas tranquilas e requintadas, como a Rua Curitiba. E se acontecer alguma emergência médica (esperamos que não!), com certeza haverá um hospital por perto!

O Paraíso é muito bem servido de transporte público: além da estação de metrô de mesmo nome (linhas azul e verde), as estações Brigadeiro (linha verde) e Vergueiro (linha azul) também servem partes do bairro. Há dezenas de linhas de ônibus que servem a região. Para quem vem de outras cidades, é um dos melhores locais para se hospedar, já que conta com diversos hotéis e flats com diárias acessíveis perto do metrô, como o Ibis e o Mercure. Venha conhecer e explorar esse bairro tão especial, um dos melhores e mais servidos em termos de cultura, diversão e infraestrutura em São Paulo!

Nosso passeio começa na Estação Paraíso do metrô (linhas azul e verde).

Nosso passeio começa na Estação Paraíso do metrô (linhas azul e verde). Com 3 saídas, saímos pela Rua Eduardo Amaro.

Bem ao lado da Estação Paraíso, fica um dos marcos do bairro, a belíssima Catedral Metropolitana Ortodoxa.

Bem ao lado da Estação Paraíso, fica um dos marcos do bairro, a belíssima Catedral Metropolitana Ortodoxa, inaugurada em 1954 e projetada pelo arquiteto Paulo Taufik Casmamie.

Na Rua Vergueiro, fica um dos marcos do bairro, a belíssima Catedral Metropolitana Ortodoxa, cuja construção se iniciou na década de 1940, e projetada pelo arquiteto Paulo Taufik Casmamie.

Até a década de 1930, os fiéis da igreja ortodoxa frequentavam a pequena igreja da antiga rua Itobi, atual Rua Cavalheiro Basilio Jafet, na região da Rua 25 de Março. Em 1939, o terreno na Rua Vergueiro foi comprado, e a nova catedral começou a ser construída com doações dos fiéis.

Projetada para ser uma catedral aos moldes da Basílica de Santa Sofia, de Constantinopla (atual Istanbul), a bela construção em estilo bizantino é uma das maiores catedrais ortodoxas do mundo.

Projetada para ser uma catedral aos moldes da Basílica de Santa Sofia de Constantinopla (atual Istanbul), a bela construção é o maior templo bizantino da América do Sul e uma das maiores catedrais ortodoxas do mundo.

O seu interior é totalmente revestido em mármore, assim como o iconostácio, feito por artistas italianos.

O seu interior é totalmente revestido em mármore carrara, assim como o iconostácio, feito por artistas italianos. Normalmente os iconostácios são feitos de madeira.

Até a década de 1930, os fiéis da igreja ortodoxa frequentavam a pequena igreja da antiga rua Itobi, atual Rua Cavalheiro Basilio Jafet, na região da Rua 25 de Março.

As pinturas e vitrais no interior da catedral são verdadeiras obras de arte.  Joseph Trabulsi foi escolhido pessoalmente pelo rei Faruk do Egito, e pintou os afrescos na cúpula central. O artista russo Wladimir Krivoultz foi responsável pelos 65 ícones do iconostácio.

A Rua dos Apeninos, a uma quadra da saida Eduardo Amaro do metrô Paraiso, tem diversos restaurantes e bares. O Miradouro é especializado em pratos portugueses e brasileiros.

A Rua dos Apeninos, a uma quadra da saida Eduardo Amaro do metrô Paraiso, tem diversos restaurantes e bares. O Miradouro é especializado em pratos portugueses e brasileiros.

O Paradiso Bar e Cucina tem um projeto arquitetônico muito interessante - ele foi construído como um castelo medieval. Serve pizzas e pratos diversos.

Na esquina das ruas Apeninos e Paraíso fica o Paradiso Bar e Cucina, que foi construído como um castelo medieval. Serve pizzas e pratos diversos.

Na Rua do Paraíso fica uma das maternidades mais conceituadas de São Paulo, o Hospital e Maternidade Santa Joana, inaugurado em 1948.

Na Rua do Paraíso fica uma das maternidades mais conceituadas de São Paulo, o Hospital e Maternidade Santa Joana, inaugurado em 1948.

Buuu!!! Na Rua dos Apeninos encontramos a interessante Templo Escola Esotérica, que oferece cursos e artigos relacionados ao esoterismo.

Buuu!!! Na Rua dos Apeninos encontramos a interessante Templo Escola Esotérica, que oferece cursos e artigos relacionados ao esoterismo.

Na esquina das ruas Domingos de Morais e Eça de Queiroz. A Rua Vergueiro continua na paralela

Na esquina das ruas Domingos de Morais e Eça de Queiroz. Aqui estamos na divisa entre os bairros do Paraíso e Vila Mariana.

Aqui nesta esquina, uma interessante combinação: a escultura Crucifixo, e a bruxa da loja de fantasias. A obra de arte está em estado péssimo de conservação: lamentavelmente, a estátua está sem os braços!

Aqui nesta esquina, uma interessante combinação: a escultura Crucifixo, e a bruxa da loja de fantasias. A obra de arte está em estado péssimo de conservação: lamentavelmente, a estátua está sem os braços!

O belo edifício do tradicional Colégio Benjamin Constant. Inaugurado em 1901 como Escola Allemã, foi criada por iniciativa de imigrantes alemães, que queriam dar uma educação de qualidade a seus filhos. Oferece cursos de ensino infantil até o nível médio.

Na Rua Eça de Queiroz está o belo edifício do tradicional Colégio Benjamin Constant. Inaugurado em 1901 como Escola Allemã, foi criada por iniciativa de imigrantes alemães, que queriam dar uma educação de qualidade a seus filhos. Oferece ensino do nível infantil até o nível médio.

A Rua Vergueiro

A Rua Vergueiro, uma das artérias do trânsito paulistano. Com mais de 9 km de extensão, ele começa no bairro da Liberdade, passa pela Vila Mariana e Ipiranga, e termina no bairro do Sacomã, na zona sul de São Paulo. Naquela direção, já estamos na Vila Mariana.

Naquela direção, a Rua Vergueiro segue em direção da Liberdade.

Naquela direção, a Rua Vergueiro segue em direção da Liberdade.

Na Rua Vergueiro, ao lado da Catedral Ortodoxa, temos um edifício comercial de formas assimétricas, o Top Towers. Com a proposta de oferecer plantas diferenciadas, a edificação ganhou diversos prêmios por sua arquitetura ousada.

Na Rua Vergueiro, ao lado da Catedral Ortodoxa, temos um edifício comercial de formas assimétricas, o Top Towers. Com a proposta de oferecer plantas diferenciadas, o projeto ganhou diversos prêmios por sua arquitetura ousada.

Continuando na Rua Vergueiro, temos o Centro de Controle Operacional do Metrô de São Paulo. É aqui que se controla todas as operações e movimentações do sistema metroviário na capital paulista.

Continuando na Rua Vergueiro, temos o Centro de Controle Operacional do Metrô de São Paulo, ou simplesmente CCO. É aqui que se controla todas as operações e movimentações do sistema metroviário na capital paulista.

O metrô de São Paulo transporta mais de 3 milhões de passageiros diariamente nas suas 5 linhas (a linha amarela é controlada por uma empresa concessionária).

O metrô de São Paulo transporta mais de 3,5 milhões de passageiros diariamente nas suas 5 linhas (a linha amarela é controlada por uma empresa concessionária).

O prédio que abriga um dos campus da UNIP (Universidade Paulista), uma das maiores instituições universitárias particulares da cidade.

O prédio que abriga um dos campus da UNIP (Universidade Paulista), uma das maiores instituições universitárias particulares da cidade, com mais de 240.000 alunos. 

O Centro Cultural São Paulo, bem ao lado da estação Vergueiro do metrô (linha azul). Inaugurado em 1982, é um importante centro que reúne teatro, biblioteca, cinema, música e exposições.

O Centro Cultural São Paulo, bem ao lado da estação Vergueiro do metrô (linha azul). Inaugurado em 1982, é um importante centro que reúne teatro, biblioteca, cinema, música e exposições.

Concebido para ser um espaço semelhante ao Centro Georges Pompidou, de Paris, os arquitetos Eurico Prado Lopes e Luiz Telles venceram a concorrência pública em 1976, e desenharam o projeto do novo centro.

Concebido para ser um espaço semelhante ao Centro Georges Pompidou, de Paris, os arquitetos Eurico Prado Lopes e Luiz Telles venceram a concorrência pública em 1976, e desenharam o projeto do novo centro.

Uma das coisas mais legais do Centro Cultural São Paulo é sua biblioteca ampla e arejada, com várias mesas. É um lugar gostoso para ler e estudar - utilizei muito nos meus tempos de estudante!

Uma das coisas mais legais do Centro Cultural São Paulo é sua biblioteca ampla e arejada, com várias mesas. É um lugar gostoso para ler e estudar – utilizei muito nos meus tempos de estudante! 

Do Centro Cultural São Paulo podemos avistar a Avenida 23 de Maio, importante via de São Paulo que liga o centro de São Paulo até a região do Parque do Ibirapuera.

Do Centro Cultural São Paulo podemos avistar a Avenida 23 de Maio, importante via de São Paulo que liga o Vale do Anhangabaú à região do Parque do Ibirapuera.

O Viaduto Beneficência Portuguesa, que passa sobre a Avenida 23 de Maio, e que liga a Rua Vergueiro à Rua Maestro Cardim.

O Viaduto Beneficência Portuguesa, que passa sobre a Avenida 23 de Maio, e que liga a Rua Vergueiro à Rua Maestro Cardim.

O Viaduto Beneficência Portuguesa, que liga a Rua Vergueiro à Rua Maestro Cardim, e que passa sobre a Avenida 23 de Maio. Daqui podemos avistar o Hospital Beneficência Portuguesa, a maior instituição hospitalar da América Latina.

O bairro do Paraíso é famoso pela quantidade de hospitais que abriga. Aqui do viaduto podemos avistar o Hospital Beneficência Portuguesa, a maior instituição hospitalar da América Latina.

Do outro lado do viaduto, podemos avistar outro hospital renomado, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, fundado em 1897 por imigrantes alemães.

Do outro lado do viaduto, podemos avistar outro hospital renomado, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, fundado em 1897 por imigrantes alemães.

Virando em direção à Rua Vergueiro, vemos outro hospital, o Hospital do Servidor Público Municipal, instalado no local desde 1957.

Virando em direção à Rua Vergueiro, vemos outro hospital, o Hospital do Servidor Público Municipal, instalado no local desde 1957.

Subindo as escadas ao lado da estação Vergueiro do metrô, chegamos à Praça Santo Agostinho, que abriga a adorável Paróquia Santo Agostinho.

Subindo as escadas ao lado da estação Vergueiro do metrô, chegamos à Praça Santo Agostinho, que abriga a adorável Paróquia Santo Agostinho.

Sua construção se iniciou em 1911, com a colocação da pedra fundamental pelo Arcebispo Dom Duarte Leopoldo e Silva.

Sua construção se iniciou em 1911, com a colocação da pedra fundamental pelo Arcebispo Dom Duarte Leopoldo e Silva.

Com altares de mármore italiano e madeira de lei, e decorada com belíssimos vitrais e obras de arte de diversos artistas, entre eles o pintor espanhol Pedro Antonio, a igreja é uma das mais belas da cidade.

Com altares de mármore italiano e madeira de lei, e decorada com belíssimos vitrais e obras de arte de diversos artistas, entre eles o pintor espanhol Pedro Antonio, a igreja é uma das mais belas da cidade. Reparem na beleza do portão de ferro!

A Paróquia é também responsável pelo tradicional Colégio Santo Agostinho. O edifício também abriga o Teatro Santo Agostinho, que já exibiu diversas peças teatrais de sucesso, como "Trair e coçar, é só começar".

A Paróquia é também responsável pelo tradicional Colégio Santo Agostinho, que oferece ensino do nível infantil ao médio. O edifício também abriga o Teatro Santo Agostinho, que já exibiu diversas peças teatrais de sucesso, como “Trair e coçar, é só começar”. 

Daqui da Praça Santo Agostinho, temos uma bela vista da Beneficência Portuguesa, a Rua Vergueiro e a estação do metrô.

Daqui da Praça Santo Agostinho, temos uma bela vista da Beneficência Portuguesa. Antonio Ermírio de Moraes, morto em 2014, sempre foi um filantropo, e foi atuante em atividades na Cruz Vermelha, e desde 1963 se dedicava à administração da Beneficência Portuguesa. Um grande empresário e um grande homem!

O Viaduto Paraíso, que liga a Rua Vergueiro à Avenida Paulista. Daqui, podemos avistar alguns dos marcos do bairro, como o Centro de Controle Operacional do Metrô.

O Viaduto Paraíso, que liga a Rua Vergueiro à Avenida Paulista. Daqui, podemos avistar alguns dos marcos do bairro, como o Centro de Controle Operacional do Metrô e o prédio da UNIP, com sua antena no topo. 

A interessante arquitetura do CCO do Metrô, vista do viaduto Paraíso.

A interessante arquitetura do CCO do Metrô, vista do viaduto Paraíso.

A Avenida 23 de Maio - naquela direção chegaremos ao centro da cidade. Daqui podemos ver o Centro Cultural São Paulo.

A Avenida 23 de Maio – naquela direção chegaremos ao centro da cidade. Daqui podemos ver o Centro Cultural São Paulo.

Naquela direção podemos ver a cúpula da Catedral Metropolitana Ortodoxa e a bizarra arquitetura das Top Towers.

Naquela direção podemos ver a cúpula da Catedral Metropolitana Ortodoxa e a bizarra arquitetura das Top Towers.

Achei legal que utilizaram esse espaço, que quase virou uma favela, para esse grafite com cenas paulistanas!

Achei legal que utilizaram esse espaço, que quase virou uma favela, para esse grafite com cenas paulistanas!

Aqui se inicia a Avenida Bernardino de Campos, que antecede a Avenida Paulista. Naquela direção, chegaremos aos bairros da zona sul de São Paulo, como a Vila Mariana.

Aqui se inicia a Avenida Bernardino de Campos, que antecede a Avenida Paulista. Naquela direção, chegaremos aos bairros da zona sul de São Paulo, como a Vila Mariana.

Naquela direção chegaremos à Avenida Paulista.

Naquela direção chegaremos à Avenida Paulista.

A Paróquia Santa Generosa, inaugurada em 1915, no antigo Largo da Guanabara, que foi demolido para a construção da Avenida 23 de Maio. A igreja atual foi inaugurada em 1970

A Paróquia Santa Generosa, inaugurada em 1915, no antigo Largo da Guanabara, que foi demolido com a abertura da Avenida 23 de Maio. A igreja atual foi inaugurada em 1970.

Ainda na Avenida Bernardino de Campos, está a bela Catedral Nossa Senhora do Paraíso

No encontro da Avenida Bernardino de Campos com a Rua do Paraíso, está a bela Catedral Nossa Senhora do Paraíso

Ainda na Avenida Bernardino de Campos, a bela Catedral Nossa Senhora do Paraíso

A catedral é a sede episcopal da Eparquia Greco-Católica Melquita do Brasil. Sua pedra fundamental foi lançada em 1951, com projeto de autoria de Benedito Calixto Neto.

Um belo painel na entrada da catedral. Inaugurada em 1952, realiza missas em grego, árabe e português.

Um belo painel na entrada da catedral. Inaugurada em 1952, realiza missas em grego, árabe e português.

No começo da Avenida Paulista, um painel do artista Eduardo Kobra, retratando o arquiteto Oscar Niemeyer.

No começo da Avenida Paulista, no encontro com a Rua Treze de Maio, um painel do artista Eduardo Kobra, em homenagem ao arquiteto Oscar Niemeyer, morto em 2012 (não deixe de ler nosso post sobre a Avenida Paulista!)

A Rua Treze de Maio, que se inicia no Bixiga e termina na Praça Oswaldo Cruz, início da Avenida Paulista.

A Rua Treze de Maio, que se inicia no Bixiga e termina na Praça Oswaldo Cruz, início da Avenida Paulista.

Descendo pela Rua Treze de Maio, chegamos à agradável Praça Amadeu Amarau.

Descendo pela Rua Treze de Maio, chegamos à agradável Praça Amadeu Amaral. Coisa cada vez mais  rara em São Paulo (infelizmente), uma praça bem cuidada e bem frequentada!

A estátua São Pedro, de autoria do escultor Julio Guerra. Curiosidade: ele é o autor da estátua de Borba Gato, no bairro de Santo Amaro.

A estátua São Pedro, de autoria do escultor Julio Guerra. Curiosidade: ele é o autor da estátua de Borba Gato, no bairro de Santo Amaro.

A escultura "Mãe Universo", do artista Jaime Prades.

A escultura “Mãe Universo”, do artista Jaime Prades, um dos ícones da arte de rua dos anos 1980.

Mas nem tudo são flores: como a maioria das obras de arte nas ruas de São Paulo, esta placa sobre Amadeu Amaral, poeta e ensaísta brasileiro, foi emporcalhada com pichações!

Mas nem tudo são flores: como a maioria das obras de arte nas ruas de São Paulo, esta placa sobre Amadeu Amaral, poeta e ensaísta brasileiro, foi vandalizada!

Se continuarmos nesta direção na Rua Treze de Maio, chegaremos à Avenida Brigadeiro Luiz Antonio e o Bixiga.

Se continuarmos nesta direção na Rua Treze de Maio, chegaremos à Avenida Brigadeiro Luiz Antonio e o Bixiga.

Na Praça Oswaldo Cruz, um triste retrato do descaso geral com o patrimônio público: em plena Avenida Paulista, temos uma praça abandonada, tomada por moradores de rua, e a obra "Indio Pescador" está em estado lastimável!

Na Praça Oswaldo Cruz, onde se iniciou o bairro do Paraíso. Aqui encontramos um triste retrato do descaso geral com o patrimônio público: em plena Avenida Paulista, temos uma praça abandonada, tomada por moradores de rua, e a obra “Índio Pescador” está em estado lastimável!

A Rua Rafael de Barros, repleta de restaurantes e lanchonetes. A vizinha Alameda Santos também abriga diversos restaurantes famosos, como o Dinho´s Place e o Baby Beef Rubaiyat.

A Rua Rafael de Barros, repleta de restaurantes e lanchonetes, como o árabe Halim e o indiano Tandoor. A vizinha Alameda Santos também abriga diversos restaurantes famosos, como o Dinho´s Place e o Baby Beef Rubaiyat.

A tradicional Alaska, que serve sorvetes desde 1910. É famosa por seus sorvetes enormes, como o Gigante, que serve 8 pessoas!

A tradicional Alaska, instituição paulistana que serve sorvetes desde 1910. É famosa por seus sorvetes enormes, como o Gigante, que serve 8 pessoas! 

Na Rua Desembargador Eliseu Guilherme, mais um hospital para a coleção: o Hospital do Coração, um centro de excelência no tratamento de doenças cardíacas.

Na Rua Desembargador Eliseu Guilherme, mais um hospital para a coleção do bairro: o Hospital do Coração, um centro de excelência no tratamento de doenças cardíacas.

Na Eliseu, outro ponto tradicional do Paraiso: o Empório São Jorge, bar e restaurante árabe inaugurado em 1960, com decoração retrô.

Na Eliseu, outro ponto tradicional do Paraiso: o Empório São Jorge, bar e restaurante árabe inaugurado em 1960, com decoração e atmosfera retrô.

A Rua Abilio Soares, uma das mais importantes do bairro, que liga a região do Parque do Ibirapuera ao Paraíso.

A Rua Abilio Soares, uma das mais importantes do bairro, que liga a região do Parque do Ibirapuera ao Paraíso.

O Barnaldo Lucrécia, um dos bares mais tradicionais do Paraíso. Bom lugar para ouvir música brasileira ao vivo.

O Barnaldo Lucrécia, um dos bares mais tradicionais do Paraíso. Bom lugar para ouvir música brasileira ao vivo. 

A Rua Cubatão, continuação da Alameda Santos, conta com edifícios imponentes, que abrigam diversas empresas.

A Rua Cubatão, continuação da Alameda Santos, conta com edifícios imponentes, que abrigam diversas empresas e instituições financeiras.

Felizmente, alguns casarões antigos como este ainda resistem à especulação imobiliária!

Felizmente, alguns casarões antigos como este ainda resistem à especulação imobiliária!

Na Rua Cubatão fica um dos restaurantes mais famosos da região, o Friccò. Desde 1997 oferece pratos da culinária italiana, com um atendimento muito bom.

Na Rua Cubatão fica um dos restaurantes mais famosos da região, o Friccò. Desde 1997 oferece pratos da culinária italiana, com um atendimento muito bom.

Descendo a Rua Abilio Soares, chegamos na Rua Tutóia, onde encontramos a Igreja da Paróquia Santíssimo Sacramento, inaugurada em 1970.

Descendo a Rua Abilio Soares, chegamos na Rua Tutóia, onde encontramos a Igreja da Paróquia do Santíssimo Sacramento, inaugurada em 1970.

Com estilo arquitetônico moderno, esta igreja é mais uma que embeleza o bairro do Paraíso!

Com estilo arquitetônico moderno, esta igreja é mais uma que embeleza o bairro do Paraíso!

Aqui do Viaduto Tutóia temos uma bela vista do prédio da IBM, um dos marcos do bairro do Paraíso.

Aqui do Viaduto Tutóia temos uma bela vista do prédio da IBM, um dos marcos do bairro do Paraíso. Ao fundo podemos avistar a antena no topo do prédio da UNIP.

Daqui podemos também avistar a fachada da Faculdade de Belas Artes, uma das instituições de ensino mais tradicionais da cidade, um dos marcos da Vila Mariana.

Daqui podemos também avistar a fachada de um dos campi da Faculdade de Belas Artes, uma das instituições de ensino mais tradicionais da cidade. A universidade possui outro campus na Rua Dr. Alvaro Alvim, na Vila Mariana.

Estamos bem próximos do Parque do Ibirapuera: daqui podemos avistar o Obelisco.

Estamos bem próximos do Parque do Ibirapuera: daqui,podemos avistar o Obelisco Mausoléu aos Heróis de 1932. A Avenida 23 de Maio recebeu este nome em referência à data da morte dos estudantes Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo, M.M.D.C., no ano de 1932, durante a Revolução Constitucionalista. Os estudantes, que eram da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco e da Escola Politécnica, tombaram na Praça da República.

E do outro lado do viaduto, podemos ter uma bela vista de parte do bairro do Paraíso,

E do outro lado do viaduto, podemos ter uma vista de parte do bairro do Paraíso. No passado, a 23 de Maio se chamava Avenida Itororó e depois Avenida Anhangabaú. Idealizada pelo prefeito José Pires do Rio em 1927, só foi inaugurada em 1969, e hoje é uma das artérias mais importantes do trânsito paulistano, fazendo parte do corredor norte-sul da cidade. 

Chegamos à Praça Carlos Gardel, uma das praças mais agradáveis e bem cuidadas de São Paulo!

Chegamos à Praça Carlos Gardel, uma das praças mais agradáveis e bem cuidadas de São Paulo! Ladeada pelos prédios de alto padrão da Rua Curitiba, este é um dos pontos mais valorizados da cidade: o preço por metro quadrado dos imóveis são um dos mais caros de São Paulo!

A bela praça é um exemplo de conservação em São Paulo, graças à iniciativa da ONG APRACE - Associação das praças da Rua Curitiba e Entorno. Se todos os moradores conservassem suas praças e logradouros públicos, teríamos uma cidade muito mais agradável!

A bela praça é um exemplo de conservação em São Paulo, graças à iniciativa da ONG APRACE – Associação das praças da Rua Curitiba e Entorno. Se todos os moradores conservassem suas praças e logradouros públicos da mesma forma, com certeza teríamos uma cidade muito mais agradável!

Com um belo paisagismo, a praça conta com pistas de caminhada e corrida, bancos, árvores frondosas e é uma alternativa à agitação do Parque do Ibirapuera, que fica a apenas algumas quadras dali.

Com um belo paisagismo, a praça conta com pistas de caminhada e corrida, bancos, árvores frondosas e é uma alternativa à agitação do Parque do Ibirapuera, que fica a apenas algumas quadras dali.

A bela praça é um exemplo de conservação em São Paulo, graças à iniciativa da ONG APRACE - Associação das praças da Rua Curitiba e Entorno. Se todos os moradores conservassem suas praças e logradouros públicos, teríamos uma cidade muito mais agradável!

A praça foi batizada em homenagem ao famoso cantor naturalizado argentino Carlos Gardel, que foi imortalizado pelas suas interpretações de tangos clássicos, como “Por una cabeza” e “El dia que me quieras”.

Em frente à praça está o Clube do Círculo Militar, inaugurado em 1947 por ex-combatentes da 2ª Guerra Mundial.

Em frente à praça está o Clube do Círculo Militar, inaugurado em 1947 por ex-combatentes da 2ª Guerra Mundial.

O Círculo Militar conta com aproximadamente 15.000 sócios, civis e militares, que podem desfrutar de suas atividades esportivas, sociais, culturais e de lazer. Foi no Círculo Militar que nossa turma de Administração da USP realizou a formatura, com a presença do inesquecível Antonio Ermírio de Morais. Emocionante!

O Círculo Militar conta com aproximadamente 15.000 sócios, civis e militares, que podem desfrutar de suas atividades esportivas, sociais, culturais e de lazer. Foi no Círculo Militar que nossa turma de Administração da USP realizou a formatura, com a presença do inesquecível Sr. Antonio Ermírio de Moraes. Emocionante!

Monumento em homenagem aos combatentes da Força Expedicionária Brasileira, que morreram em combate na 2ª Guerra Mundial. Inaugurado em 1999, o monumento foi restaurado recentemente.

Monumento em homenagem aos combatentes da Força Expedicionária Brasileira, que morreram em combate na 2ª Guerra Mundial. Inaugurado em 1999, o monumento foi restaurado recentemente. 

Entre 1944 e 1945, 454 soldados brasileiros foram mortos em combate, e  1557 foram feridos. A Força Expedicionária Brasileira, que lutou junto aos aliados na 2ª Guerra Mundial, e era composta de 25.334 homens.

Entre 1944 e 1945, 454 soldados brasileiros foram mortos em combate, e 1557 foram feridos. A Força Expedicionária Brasileira, que lutou junto aos aliados na 2ª Guerra Mundial, era composta de 25.334 homens.

Monumento com os nomes de todos os combatentes mortos na 2ª Guerra Mundial.

Monumento com os nomes de todos os combatentes mortos entre 1942 e 1945 na 2ª Guerra Mundial: os pilotos da Força Aérea Brasileira, homens da FEB, além de soldados do exército mortos por torpedeamento, e membros da Marinha de Guerra e Marinha Mercante.

Os monumentos, de autoria do arquiteto Jorge O. Caron, foram erigidos em comemoração ao cinquentenário do fim da guerra, e representam os longos caminhos, montanhas escarpadas e vales percorridos pelos soldados.

Os monumentos, de autoria do arquiteto Jorge O. Caron, foram erigidos em comemoração ao cinquentenário do fim da guerra, e representam os longos caminhos, montanhas escarpadas e vales percorridos pelos soldados.

O belo paisagismo da praça.

O belo paisagismo da praça. Um exemplo de como é possível, sim, termos espaços públicos limpos, bem conservados e agradáveis. Fico triste e revoltada ao andar pela cidade, e ver a maioria de nossas praças tomadas por moradores de rua, usuários de drogas e montanhas de lixo.

Do outro lado da praça está a sede do Comando Militar do Sudeste, do Exército Brasileiro. Não é de se estranhar que a Praça Carlos Gardel esteja tão bem conservada, com tantos membros das Forças Armadas por perto!

Do outro lado da praça está a sede do Comando Militar do Sudeste, do Exército Brasileiro. Não é de se estranhar que a Praça Carlos Gardel esteja tão bem conservada, com tantos membros das Forças Armadas por perto!

Bem ao lado da Praça Carlos Gardel, fica a Praça Arquiteto Icaro de Castro Mello, que estava com seus ipês floridos com belas flores amarelas!

Bem ao lado da Praça Carlos Gardel, fica a Praça Arquiteto Icaro de Castro Mello, que estava com seus belos ipês amarelos floridos!

Busto em homenagem ao General Newton Estilac Leal, de Luiz Morrone. Nacionalista, o general participou na Revolução de 1922, na Revolta Paulista de 1924 e na Revolução de 1930, e foi Ministro de Guerra no governo Getulio Vargas.

Busto em homenagem ao General Newton Estilac Leal, de Luiz Morrone. Nacionalista, o general participou na Revolução de 1922, na Revolta Paulista de 1924 e na Revolução de 1930, e foi Ministro de Guerra no governo Getulio Vargas. Para variar, o estado de conservação do monumento deixa a desejar – sumiram com a placa de bronze!

Aqui fica uma das entradas do Ginásio Estadual Geraldo José de Almeida, mais conhecido como o Ginásio do Ibirapuera

Aqui fica uma das entradas do Ginásio Estadual Geraldo José de Almeida, mais conhecido como o Ginásio do Ibirapuera

O Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, uma área de 95.000 m² que abriga o Ginásio do Ibirapuera e é um dos maiores complexos desportivos da América Latina, sede de diversas competições esportivas nacionais e internacionais, como os Jogos Panamericanos de 1963.

O Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, uma área de 95.000 m² que abriga o Ginásio do Ibirapuera e é um dos maiores complexos desportivos da América Latina, sede de diversas competições esportivas nacionais e internacionais, como os Jogos Panamericanos de 1963.

O complexo abriga o Ginásio do Ibirapuera, o Estádio Icaro de Castro Mello, o Conjunto Aquático Caio Pompeu de Toledo, o Ginásio Poliesportivo Mauro Pinheiro e o Palácio do Judô.

O complexo abriga, além do Ginásio do Ibirapuera, o Estádio Icaro de Castro Mello, o Conjunto Aquático Caio Pompeu de Toledo, o Ginásio Poliesportivo Mauro Pinheiro e o Palácio do Judô. 

A Arena Olimpica de Judô,  que possui capacidade para 500 pessoas. No complexo funciona o programa olímpico Projeto Centro de Excelência, que atende atletas de várias localidades do estado em regime de internato, nas modalidades de judô, atletismo, natação e voleibol.

A Arena Olimpica de Judô, que possui capacidade para 500 pessoas. No complexo funciona o programa olímpico Projeto Centro de Excelência, que atende atletas de várias localidades do estado em regime de internato, nas modalidades de judô, atletismo, natação e voleibol.

O Conjunto Desportivo foi batizado em homenagem a Constâncio Vaz Guimarães, advogado e desportista, dedicou 46 anos de sua vida ao esporte. Foi presidente da delegação olímpica nos jogos de Berlim, de 1936.

O Conjunto Desportivo foi batizado em homenagem a Constâncio Vaz Guimarães, advogado e desportista que dedicou 46 anos de sua vida ao esporte. Foi presidente da delegação olímpica nos jogos de Berlim, de 1936.

A Rua Manoel da Nóbrega, que liga a região do Parque do Ibirapuera à Avenida Paulista.

A Rua Manoel da Nóbrega, que liga a região do Parque do Ibirapuera à Avenida Paulista. É uma rua majoritariamente residencial, mas que abriga importantes espaços públicos, como o Complexo Desportivo Constâncio Vaz Guimarães.

Aqui fica a base de administração do Comando Militar do Sudeste

Aqui fica a base de administração do Comando Militar do Sudeste, do Exército Brasileiro.

A Rua Manuel da Nóbrega se transforma numa ladeira íngreme até a chegada à Avenida Paulista.

Á medida que nos aproximamos da Avenida Paulista, a Rua Manuel da Nóbrega vai se transformando numa ladeira íngreme. Força na peruca!!!

Gostaram? O bairro do Paraíso está repleto de lugares interessantes - venha conhecer também! Até o próximo passeio!

Gostaram? O bairro do Paraíso está repleto de lugares interessantes – venha conhecer também! Até o próximo passeio!

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

6 comments to Paraiso em Foco

  • Akio  says:

    Olá
    Você sabe me informar se a Catedral Ortodoxa é aberta a visitação?

    • Mina  says:

      Olá Akio! Aqui estão os horários fornecidos no site da catedral ortodoxa:
      Catedral Metropolitana Ortodoxa
      Horário de Funcionamento: de segunda a sexta, das 10h às 13h e das 15h às 17h30. Sábados, das 10h às 13h. Missa aos domingos às 10h30.
      End.: Rua Vergueiro, 1515 – Paraiso – zona Sul – São Paulo.
      Tel.: (11) 5579-3835/ 5579-0019/ 5579-0017/ 5571-6035

      Abraços,

  • Arlene Gasparello  says:

    Mina,
    Adorei o post. Amooooo o bairro do Paraíso, onde moro. Tem tudo, vizinhança boa e tranquila e ótimas opções de passeio, como o Parque do Ibirapuera, junto à Pça. Carlos Gardel, que também é chamado de “Pq dos Cachorros”, sabia? Levo a Sol para brincar lá. O Paraíso é tudo de bom. Beijos.

    • Mina  says:

      Arlene, fico muito feliz que tenha gostado do post! O bairro do Paraiso é mesmo maravilhoso e a Praça Carlos Gardel é um exemplo para as outras praças de São Paulo – eu a acho lindíssima! Que legal que a Sol vai brincar lá no Parque dos Cachorros do Modelódromo – ela deve fazer a festa por lá!!! Beijos

  • neide  says:

    parabéns adorei queria estar junto para conhecer tudo.

    • Mina  says:

      Muito obrigada, Neide! Que bom que vc gostou! Um grande abraço

Deixe um comentário

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam